Maxiavelli: O Paradoxo do Conservadorismo

Homem e Mulher contemplando a Lua de Caspar David Friedrich

Vejo pessoas apelidarem-se de conservadoras (e outras a fugirem desse epíteto) sem terem reflectido bem acerca do significado real da palavra.

O que é um conservador? Um conservador é um indivíduo que é a favor dos valores tradicionais.
Quais são os valores tradicionais? Os valores tradicionais podem-se resumir aos três princípios conservadores: Deus, Família, Pátria.
Obedecer a este grupo de princípios significa, entre outras coisas, respeitar a autoridade (o Criador, o pai/mãe, o Presidente/PM); logo, ouvir uma pseudo-conservadora dizer que o Presidente dos Estados Unidos é um "atrasado mental" de uma maneira absolutamente cobarde (i.e. via twitter) leva-me a perguntar quantos mais haverão por esse mundo a fora que se auto-proclamam conservadores sem o serem.
Oportunistas pseudo-inteligentes, cobardes e rudes deveriam ter vergonha de se apelidarem de conservadores. Ser um verdadeiro conservador significa ser devoto aos princípios conservadores que incluem respeito, compaixão (de acordo com os ensinamentos espirituais) e ordem.
Se um indivíduo não consegue achar, dentro de si, maneira de obedecer as estas simples regras deverá, então, virar-se para os Anarquistas.

O Conservadorismo pode caminhar lado-a-lado com a Mudança.
Por exemplo, a tecnologia trouxe-nos os computadores, os smartphones; melhorou a nossa saúde; melhorou o entretenimento; aumentou a velocidade da comunicação; aproximou o mundo, tornando-o assim mais pequeno. Os Direitos Civis levaram os seres humanos a aceitar e a respeitar aqueles que têm um género diferente; um processo de melanogénese diferente e uma orientação sexual diferente. A evolução moral abriu caminho para a liberdade e para o exercício do princípio "Vive e deixa viver".
Todas estas mudanças não têm de erradicar os princípios básicos do conservadorismo (Deus, Família, Pátria), au contraire; estes podem ser arraigados pelas mudanças se as pessoas se aperceberem de como fazê-lo.

Conservadorismo: Direita ou Esquerda?
Se um esquerdista acreditar em Deus, respeitar a instituição da família e fôr patriota; não é ele um conservador? Sim, é.
Se um de direita acreditar em Deus, desrespeitar a instituição da família (ainda que, em público, finja respeitar) e não servir os interesses da nação (ainda que aparente ser patriota); é ele um conservador? Não, não é.
Se um esquerdista/ de direita "não acreditar" em Deus (mas acreditar num Poder Criativo Supremo ou na Humanidade [ou seja: Deus]), respeitar e viver para a sua família e, amar o seu país; não é ele um conservador? Sim, é.
Dizer, em política, que se é conservador pouco significa em termos de especificar em qual dos lados, do espectro político, é que o indivíduo toma assento.

Um conservador de direita segue os princípios conservadores ao mesmo tempo que aceita a hierarquia e desigualdades sociais (que nascem a partir das diferenças tradicionais sociais e da competição nas economias de mercado [previstas pelos livros religiosos, e.g. "Pois nunca deixará de haver pobres na terra; pelo que eu vos ordeno, dizendo: Livremente abrireis a mão para o vosso irmão, para o vosso necessitado, e para o vosso pobre na vossa terra." - Deut. 15:11]).
Um conservador de esquerda segue os princípios conservadores ao mesmo tempo que rejeita a hierarquia e desigualdades sociais (derivando esta rejeição da religião que defende que somos todos iguais aos olhos de Deus e que promove a caridade "Pois nunca deixará de haver pobres na terra; pelo que eu te ordeno, dizendo: Livremente abrirás a mão para o teu irmão, para o teu necessitado, e para o teu pobre na tua terra." - Deut. 15:11).

Conclusão: na verdade, dizer simplesmente que se é conservador pouco ou nada significa...

Comentários

  1. É Max, pensando desse modo o "ser conservador", não existe! Por outro lado, respeitar não quer dizer acreditar, e vice-versa. Há os que dizem acreditar, respeitar apenas de fachada, principalmente na política, só para obter benefícios.
    Eu acredito nessa tríade, mas nem sempre respeito, justo por ser humana cometo uns pecaditos :)
    Max, como você já participou do BookCrossing - acho que na primeira edição - vim te avisar que foi lançada a campanha para o 5º BookCrossing Blogueiro que acontecerá do dia 08 ao dia 16 de Novembro.
    Boa semana!! Beijus,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi Luma :D!

      "É Max, pensando desse modo o "ser conservador", não existe!"

      lol existe, somente não do modo como tem sido retratado até hoje.

      "Por outro lado, respeitar não quer dizer acreditar, e vice-versa. Há os que dizem acreditar, respeitar apenas de fachada, principalmente na política, só para obter benefícios."

      Infelizmente, isso é verdade, minha linda.

      "Eu acredito nessa tríade, mas nem sempre respeito, justo por ser humana cometo uns pecaditos :)"

      LOL LOL compreendo-te ;).

      "Max, como você já participou do BookCrossing - acho que na primeira edição - vim te avisar que foi lançada a campanha para o 5º BookCrossing Blogueiro que acontecerá do dia 08 ao dia 16 de Novembro."

      Minha querida, obrigada pelo aviso. E farei o meu melhor para participar, embora não possa prometer.

      Luma, obrigada pelo teu comentário e tem um resto de boa semana :D.

      Beijos

      Eliminar
  2. Hey, Max!
    Esses que insultam, Presidentes, polícias e quem exerce a autoridade em geral, são os que sem pejo insultam os seus próprios pais.
    Adorei. Até sexta-feira, se Deus quiser.
    Bjcas

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Hey Lenny :D!

      "Esses que insultam, Presidentes, polícias e quem exerce a autoridade em geral, são os que sem pejo insultam os seus próprios pais."

      Nem mais...

      "Adorei. Até sexta-feira, se Deus quiser."

      Ainda bem, querida. Até sexta e, claro, que Deus quer ;).

      Lenny, obrigada pelo teu comentário :D.

      Beijinhos

      Eliminar

Enviar um comentário

O Etnias aprecia toda a sorte de comentários, já que aqui se defende a liberdade de expressão; contudo, reservamo-nos o direito de apagar Comentos de Trolls; comentários difamatórios e ofensivos (e.g. racistas e anti-Semitas) mais aqueles que contenham asneiras em excesso. Este blog não considera que a vulgaridade esteja protegida pelo direito à liberdade de expressão. Um abraço